Contenido principal del artículo

Antonio Augusto Bonatto Barcelos
Universidad de Salamanca
España
Núm. 3 (2016): Culturas e Identidades Afroamericanas, Artículos, Páginas 57-67
Aceptado: jul 8, 2018
Derechos de autor

Resumen

El presente trabajo aborda la formación de la clase obrera en Brasil y la importancia y centralidad que tuvieron para ello la esclavitud y la inmigración. Con datos sobre la esclavitud e inmigración se puede constatar la gran influencia por ellas ejercida principalmente con relación a la gran cantidad de personas que llegaran a Brasil sea de manera forzosa o sea de manera voluntaria. La clase obrera brasileña fue formada principalmente por extranjeros, de manera desordenada y poco unida lo que acabo por facilitar la implantación de un régimen sindical fascista que hasta los días actuales sigue produciendo consecuencias.

Descargas

La descarga de datos todavía no está disponible.

Detalles del artículo

Citas

BRASIL. Presidência da República. Consolidação das Leis do Trabalho. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/decreto-lei/Del5452compilado.htm> Acesso em: 28 de novembro de 2015.

BRASIL. Presidência da República. Constituição Federal de 05 de outubro de 1988. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/ConstituicaoCompilado.htm> Acesso em: 27 de novembro de 2015.

BRITO PEREIRA, João Batista. O sindicalismo no Brasil. Uma proposta para o seu fortalecimento. in: VIDOTTI, T. J. E GIORDANI, F.A. (Coord.) Direito Coletivo do Trabalho em uma sociedade pós-industrial. São Paulo: LTr, 2003.

BUARQUE DE HOLANDA, Sérgio. Raízes do Brasil. São Paulo: Companhia das Letras, 1995.

BUENO, Eduardo. A viagem do descobrimento. Rio de Janeiro: Objetiva, 1998.

BUENO, Eduardo. Brasil: uma história. São Paulo: Ática, 2003.

CARDOSO, Fernando Henrique. Capitalismo e Escravidão no Brasil Meridional: o negro na sociedade escravocrata do Rio Grande do Sul. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1997.

CARRARA, Angelo Alves. A população do Brasil, 1570–1700: uma revisão historiográfica. in: Revista Tempo, Niterói, vol 20, 2014.

CASTILLA URBANO, Francisco. Los derechos humanos y el pensamiento de Francisco de Vitoria. in: Revista de Filosofía, Maracaibo, nº 33, vol. 3, 2000.

DAMATTA, Roberto. O que faz do brasil, Brasil? Rio de Janeiro: Rocco, 1986.

DAMATTA, Roberto. Relativizando: uma introdução à antropologia social. Rio de Janeiro: Rocco Digital, 2011.

ELTIS, David e RICHARDSON, David. Atlas of the transatlatic slave trade. New Heaven & London: Yale University Press, 2010.

FAUSTO, Boris. A Revolução de 30: historiografia e história. São Paulo: Companhia das Letras, 1997.

FAUSTO, Boris. História do Brasil. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 1995.

FAUSTO, Boris. Historiografia da Imigração para São Paulo. São Paulo: Ed. Sumaré-FAPESP, 1991.

FENELON, Dea Ribeiro. 50 textos de história do Brasil. São Paulo: Hucitec, 1986.

FREYRE, Gilberto. Casa Grande & Senzala: formação da família brasileira sob o regime da economia patriarcal. São Paulo: Global 2003.

IBGE, Centro de Documentação e Disseminação de Informações. Brasil: 500 anos de povoamento. Rio de Janeiro : IBGE, 2007.

ITALIA. Carta del Lavoro. 21 de abril de 1927. Disponível em: <http://www.historia.unimi.it/sezione/fonti/codificazione/cartalavoro.pdf> Acesso em: 27 de novembro de 2015.

LEVINE, Robert M. Pai dos Pobres? O Brasil e a era Vargas. São Paulo: Companhia das Letras, 2001.

MORAES, Antonio Carlos Robert de. Bases da Formação Territorial do Brasil. in: Revista Geografares, Vitória, nº 2, jun/2001.

MORGAN, Lewis Henry. La Sociedad Primitiva. Madrid: Endymión, 1987.

MOTA, Carlos Guilherme e LOPEZ, Adriana. Historia de Brasil: una interpretación. Traducción de José Manuel Santos Pérez. Salamanca: Ediciones Universidad de Salamanca, 2009.

OLIVEIRA, Lucia Lippi. O Brasil dos Imigrantes. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor, 2002.

ORTEGA Y GASSET, José. La Rebelión de las Masas. Madrid: Tecnos, 2003.

PAES DE ANDRADE, Paulo Bonavides. História Constitucional do Brasil. Brasília: OAB Editora, 2002.

PRADO JÚNIOR, Caio. A evolução política do Brasil e outros estudos. São Paulo: Companhia das Letras, 2012.

______. A formação do Brasil contemporâneo: colônia. São Paulo: Companhia das Letras, 2011.

RIBEIRO, Darcy. O povo brasileiro: a formação e o sentido do Brasil. São Paulo: Companhia das Letras, 1995.

______. O processo civilizatório: etapas da evolução sócio-cultural. Petrópolis: Vozes, 1979.