A importancia das contas longas de vidro de origem mediterrânica recolhidas na "Baixa Pombalina" de Lisboa (Contribuição para o estudo de contas tipo "Nueva Cadiz"

M. Conceição RODRIGUES

Resumen


RESUMO: Pretendemos com este trabalho dar a nossa contribuição para o estudo das contas de vidro e introduzir novos dados e valores no estudo do comercio entre Portugal e o mundo africano, nomeadamente com a costa Ocidental da África , onde a permuta de pessoas, bens e ideias foi em parte determinante. Estes contactos permitiram alargar os horizontes socio-culturais entre diferentes povos e simultaneamente entre dois continentes para onde as contas de vidro foram levadas, permutadas e usadas. As contas documentam a vivência social de quem as usa, sendo a expansão ultramarina, a principal responsável por todo este intercâmbio, tendo o Tejo como ponto de partida para o que foi uma das maiores aventuras do "Homem", dando simultaneamente início a uma das grandes épocas da expansão socio-cultural no mundo, que viria a modificar o modo de viver e sentir.

ABSTRACT: With this work we aim to contribute to the study of the introduction of new methods and values in the trade between Portugal and African countries, specially with the West coast of Africa. This trade allowed an exchange of goods, ideas and people which widened the social and cultural horizons between two people and simultaneously between two continents, where glass beads were taken, exchanged and used.


Texto completo:

PDF






Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.

Clarivate Analytics